Atividades nas escolas estaduais abordam equidade de gênero e combate à violência contra a mulher

download (7) download

 

A comunidade escolar do Colégio Estadual Doutor Lauro Passos, localizado na cidade de Cruz das Almas, a 146 km de Salvador, no Recôncavo, participou, nesta terça-feira (6), de rodas de conversa com temas ligados à luta das mulheres por equidade de gênero. O evento faz parte da campanha “Quem Ama Abraça – Fazendo Escola”, que está sendo promovida pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), envolvendo uma série de atividades nas escolas estaduais, durante todo o mês de março, alusivas ao Dia Internacional da Mulher (8).

A atividade tem como objetivo discutir o papel da escola como campo privilegiado para a reflexão sobre o empoderamento feminino e a superação das diferentes formas de violência contra a mulher. A coordenadora pedagógica do Colégio Estadual Doutor Lauro Passos, Elba Almeida, falou sobre a importância da iniciativa. “É um projeto que agrega muito conhecimento aos nossos estudantes. A gente já tenta trabalhar no nosso currículo, por meio de projetos e atividades ao longo do ano, com as temáticas de gênero, respeito à diversidade, feminicídio entre outros”, afirmou.

As colegas Brena da Silva, 15 e Maria Carolina Oliveira, ambas do 2º ano, participaram do debate e contam que saíram de lá mais informadas sobre o assunto. “É um tema superinteressante, pois por mais que se fale e realizem debates e campanhas, nem todos têm a consciência de que devemos respeitar a opinião e o jeito de viver de cada um”, fala Brena. Já Maria Carolina diz que conseguiu tirar muitas dúvidas sobre igualdade de gêneros. “Algumas coisas ainda estavam confusas na cabeça, mas hoje esclareci todas e até penso em passar adiante essas novas informações adquiridas hoje”, destacou.

Quem também estava presente ao debate foi Marcelo Nascimento Júnior, 22, estudante do 3º ano. “É sempre bom falar sobre igualdade de gênero, porque em pleno século XXI ainda há pessoas com pensamentos tão fechados, achando que só os homens têm que obter prestígio. Não é assim, as mulheres são tão competentes quanto e merecem respeito e cuidado”, pontuou.

Ainda durante esta semana, outras unidades de ensino da rede estadual também promovem atividades com pautas voltadas para o papel da escola no enfrentamento às violências e para fortalecer, cada vez mais, a mulher na sociedade. O Colégio Estadual Monte Gordo vai promover rodas de conversa, na quinta-feira (8), pela manhã, com todos os estudantes sobre a violência contra a mulher. O mesmo tema será abordado em rodas de conversa e mostra de vídeo no Colégio Estadual Sete de Setembro, no bairro de Paripe, em Salvador. Já o Colégio Estadual Alaor Coutinho, em Praia do Forte, realizará ações que envolvem palestras, encontro com as mães para falar de autoestima.

Na sede da Secretaria da Educação do Estado serão realizadas, de quarta (7) a sexta (9),palestras, debates e outras ações onde serão abordados temas como: violência contra a mulher, amor próprio (autocuidado), resgate a autoestima, superação e empoderamento feminino. No dia 7, a programação será realizada das 9h às 14h. No auditório da Secretaria serão promovidas duas palestras. A primeira, das 11h às 12h, será sobre violência moral e emocional, a partir do método de terapia emocional desenvolvido exclusivamente para mulheres, que buscam a liberdade emocional e o despertar do amor próprio, com participação da psicóloga Pri Castro, via Skype. Ainda de acordo com a programação, das 12h30 às 13h30, a designer de moda, Madá Negrif, falará sobre empoderamento feminino.

No dia 8, dentre outras coisas, haverá apresentações musicais com Carina Tapajós e Erich Valadares e de Black Dance, além de uma roda de conversa, das 9h50 às 11h40, com a temática “ Mulheres que fazem a diferença:  seus desafios e conquistas”. Dentre as convidadas está a capitã Sheila Barbosa, que vai falar sobre a experiência como comandante da Base Comunitária de Segurança de Santa Cruz, em Salvador. Das 12h às 13h, a nutróloga Liane Barreto irá falar sobre ‘Círculo de Vivência para Mulheres através da meditação, respiração consciente e automassagem’. Na sexta-feira (9), a programação segue com ginástica laboral.