Secretaria da Educação do Estado realiza encontro com 120 gestores escolares em Itaberaba

O fortalecimento do eixo pedagógico das escolas estaduais é um dos principais pontos abordados no encontro “Diálogo com Gestores”, que foi iniciado nesta quarta (16) e segue até amanhã (17), em Itaberaba, na região da Chapada Diamantina, a 286 km de Salvador. Nesta 8ª edição, o evento reúne 120 gestores, de 80 escolas e 47 municípios das áreas dos Núcleos Territoriais de Educação de Itaberaba (NTE 14), Macaúbas (NTE 12) e Seabra (NTE 03). A atividade faz parte de uma série de encontros que está sendo promovida pela Secretaria da Educação do Estado envolvendo todos os Territórios de Identidade da Bahia.
A atividade conta com as participações do secretário da Educação, Walter Pinheiro, além de superintendentes e técnicos do órgão central. Pinheiro disse que os diálogos têm contribuído para estreitar, ainda mais, a relação da Secretaria com os educadores em toda a Bahia. “Desde o momento em que assumi o cargo, a ideia era criar este vínculo com os gestores, que estão nas escolas e conhecem o dia a dia das unidades. Não adianta ter mestrado e doutorado sem nunca ter pisado na escola pública. As grandes expertises são dos diretores e professores que conhecem suas demandas e podem sinalizar quais as suas necessidades. Foi com esse contato que aprendi a verdadeira função e importância do gestor da unidade escolar,” contou.
O diretor Amauri Bezerra, do Colégio Estadual Centenário, em Itaberaba (NTE 14), falou da importância do evento para os educadores da região. “Em seis anos de gestão, esta é a primeira vez que posso estar em frente ao secretário para discutir demandas da escola. E esta oportunidade quebra aquela barreira do interior conseguir um contato mais próximo com a sede, já que por ofício às vezes não temos a resposta esperada,” disse.
Já a coordenadora pedagógica, Jane Angélica da Silva, do Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães, em Boqueira (NTE 12), está entusiasmada com a meta da atual gestão de implantar coordenadores pedagógicos em todas as unidades escolares. “Ter como meta de política de governo implantar um coordenador pedagógico em cada escola é, de fato, é dar ao estudante o direito de aprender. É poder também dar condições para que a unidade promova uma ação pedagógica articulada e que, de fato, funcione. Este encontro, realmente, mostra que existe a necessidade de o secretário nos ouvir no chão da escola”, completou.
o Colégio Estadual Eurídes Santana, em Marcilnilio Souza (NTE 03), o diretor Everaldo Monteiro reafirma a necessidade do diálogo mais próximo com os gestores da Secretaria. “Acredito que falar com o secretário e a equipe diretamente pode diminuir a distância que existe entre o que precisamos e a resposta para essas demandas. Acredito que Pinheiro venha com uma nova perspectiva de soluções para nossas demandas como este encontro já demonstra”, concluiu.
Além de Itaberaba, o  “Diálogo com Gestores” já aconteceu em Salvador, com gestores da capital e da Região Metropolitana; em Alagoinhas (NTE 18), também com gestores de escolas dos núcleos de Ribeira do Pombal (NTE 17) e de Feira de Santana (NTE 19); em Barreiras (NTE 11), incluindo gestores de Bom Jesus da Lapa (NTE 02) e Santa Maria da Vitória (NTE 23); em Itabuna (NTE 05), com gestores das escolas dos núcleos de Teixeira de Freitas (NTE 7) e Eunápolis (NTE 27); em Juazeiro (NTE 10), incluindo gestores de Irecê (NTE 01), Jacobina (NTE 16) e Senhor do Bonfim (NTE25); e em Feira de Santana (NTE 19), incluindo gestores escolares de Serrinha (NTE 04) e Ipirá (NTE 15). A próxima edição será em Vitória da Conquista (NTE 20), envolvendo gestores de Caetité (NTE 13), Itapetinga (NTE 08) e Jequié (NTE 22).