Colégio Odorico Tavares promove mostra sobre sustentabilidade

 

Os estudantes do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Odorico Tavares, localizado no Corredor da Vitória, em Salvador, promoveram, nesta quarta-feira (30), a mostra de arte socioambiental “CEOT VIVO: tecendo uma escola sustentável”. A atividade envolveu apresentações musicais, sarau, exposições fotográficas e plantio de mudas nos jardins da unidade e foi realizada  em parceria com o Coletivo de Ciências Humanas e estudantes do curso de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia (UFBA).
Para a ação, oficinas de dança, teatro, poesia, jardinagem e horta urbana foram realizadas durante toda a II unidade. “O que queremos é resgatar no aluno o sentimento de pertencimento desse local, que cada um perceba que o colégio é dele. É isso que estamos trabalhando aqui, a formação socioambiental dos estudantes e, a partir disso, desenvolver ações de preservação dos espaços da unidade, contando com a participação de toda comunidade escolar”, explica a professora de sociologia, Maria Madalena Santos.
Cada sala promoveu uma atividade diferente para apresentar diferentes formas de cuidado e proteção do meio ambiente. A turma do estudante Gabriel Sampaio, 15 anos, construiu uma horta vertical, feita com garrafas pet e caixotes de madeira presos a cordas. A cada visita ao estande, os alunos explicavam como é fácil ter uma horta em casa. “Para a mostra, participamos das oficinas e fizemos o plantio de mamão, alface e outras hortaliças. Estamos aprendemos muito com este projeto, principalmente a cuidar do meio ambiente. Também estou conversando com a minha família e com os amigos sobre formas de sustentabilidade”, conta Gabriel.
A estudante Helena Nathália Ribeiro, 16 anos, ministrou oficinas de jardinagem e horta urbana para os colegas. “Achei muito interessante a ideia do projeto, então resolvi passar para os colegas o que sei sobre sustentabilidade. Nas oficinas, ensinei como criar uma horta vertical, como fazer a compostagem caseira e expliquei que muitas plantas podem ser cultivadas em casa.  É só ter os devidos cuidados. Também mostrei como é possível ensinar a família a cuidar da horta de casa”, finaliza.