Estudantes baianos apresentam robô anti-bomba na Campus party

 

 

 

A primeira edição da Campus Party Bahia mostrou o que os baianos estão produzindo de tecnologia no estado. Quatro estudantes do terceiro ano do Centro Estadual de Educação Profissional em Tecnologia, Informação e Comunicação de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador criaram um robô anti-bombas.

Com apenas oito dias para terminar parte do projeto para apresentar no evento, eles conseguiram criar um robô que é capaz de fazer o deslocamento de objetos suspeitos com artefatos explosivos.

Segundo o grupo de criadores, a primeira fase para a execução do robô custou três mil reais que foi financiada por patrocinadores no município. Um robô importado para este tipo de serviço custa mais de duzentos mil dólares. “É a primeira vez que participamos de um evento de tecnologia tão grande e a experiência tem sido muito positiva. No futuro, queremos que o robô desarme bombas.”, conta Tiago Souza, de 17 anos.

Campus Party Bahia tem abertura oficial e segue até domingo em Salvador

 

Tecnologia, festa, acampamento, e oportunidade de negócio. A primeira edição da Campus Party Bahia foi aberta nesta quarta-feira (9), na Arena Fonte Nova, onde permanece até domingo (13). O evento reúne todo tipo de inovação voltada para a área de tecnologia e tem grande participação de estudantes da rede estadual. Cerca de 60 startups, escolas,projetos educacionais e universidades estão representadas entre os participantes.
O governador Rui Costa afirmou que com o evento, a Bahia entra no mapa internacional da tecnologia. “A Bahia é singular, tem um povo criativo na arte, na música, na dança, no teatro e agora nós deixaremos a marca da nossa criação na tecnologia. Tem baiano brilhando em vários cantos do mundo e estamos trazendo a referencia da Campus Party para o Estado. Espero que isso induza os jovens a entrarem no mundo tecnológico e, mais do que isso, a atraírem negócios no segmento, gerando emprego e renda para os baianos”.
“A Secretaria tem nos seus quadros, na base, já um Campus Party acontecendo em cada escola, todo dia. Temos centenas de escolas com práticas deste tipo, de Robótica, de simulador de voo, e, por exemplo, o uso cada vez mais frequente de aplicativos”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, ao destacar ações estruturantes da Secretaria que fomentam a iniciação cientifica. “Portanto,  aqui será encontrado um nível de participação de tudo que a gente desenvolve nos chamados projetos do Ciência na Escola”. Na solenidade de abertura da Campus Party, Pinheiro também disse que serão evidenciados novos projetos que estão sendo implementados na rede. “Algumas escolas nossas, este ano, passam a ganhar unidades de startups”, anunciou, ao enfatizar que mais de 4 mil estidantes da rede estadual deverão visitar o evento.
Os projetos da Educação que estarão em exposição na Arena Fonte Nova foram criados pelos estudantes no âmbito do Programa Ciência na Escola (PCE) e da Educação Profissional e Tecnológica. Entre os quais, os projetos Robótica Educacional e Choices, desenvolvidos por estudantes do Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Vitória da Conquista, receberam menção honrosa da SBPC.
Os estudantes da educação profissional e tecnológica, por sua vez, apresentarão projetos como o  ‘Biomassa de banana verde como fonte alternativa de alimentação’ e o aplicativo sobre o Ecoturismo, dentre outros. Um dos destaques do evento é o simulador de voo do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), que está no estande do Governo da Bahia.
O idealizador da Campus Party, Francesco Ferruggio afirmou que o evento promove diversos acontecimentos simultaneamente. “Temos um camping, e tem gente do Piauí, de Brasília, de Santa Catarina, de todas as regiões do Brasil. Teremos um espaço fechado com workshops, palestras. Temos atividades fora do programa oficial”. Segundo ele, a arena funciona 24 horas, e com estandes abertos para todos, de livre acesso. “Haverá corrida de drones com os melhores pilotos do Brasil, guerra de robô, olimpíadas de robótica, simuladores de última geração, hologramas, um monte de coisas para viver a tecnologia”.
São quarenta mil pessoas participando na área aberta do evento, contando com visitantes. Três mil e quinhentas barracas abrigam “campuseiros” de todas as regiões do Brasil. A campuseira Stefane arruda, 28, está acampada na Fonte Nova. “Eu já participei em 2013, em São Paulo. Vida de campuseira é resenha, fazer novos amigos, assistir palestras, principalmente de startups”.

 

Estudantes e educadores dialogam sobre empoderamento negro e combate ao racismo

 

om o objetivo de discutir temáticas como empoderamento negro e como a Educação para as Relações Etnicorraciais impactam no currículo e no Projeto Político Pedagógico (PPP) das escolas, a Secretaria da Educação do Estado, está promovendo, nestas terça e quarta-feira (8 e 9), no auditório da instituição, o III Colóquio para a Diversidade, com o tema “Currículo e equidade: um diálogo necessário”. A iniciativa faz parte das ações alusivas ao Agosto da Igualdade.
Durante a mesa temática, também foram abordadas questões como a Lei 10.639/03 e o enfrentamento ao racismo institucional. Os grupos de dança e de percussão Kaiodê, formado por estudantes do Colégio Estadual Sete de Setembro, localizado no Subúrbio Ferroviário de Salvador, animaram o encontro com apresentações de dança afro e declamação de poesia.
A professora da rede estadual, mestre em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Deyse Luciano Santos, fez parte da mesa e afirmou que “a proposta diz respeito às questões de gênero e afrodescendência que estão tão presentes em sala de aula e que precisam ser tocadas com muita sensibilidade”, afirma a educadora.
De acordo com a coordenadora de Educação para Diversidade da Secretaria da Educação do Estado, Erica Capinan, as discussões são essenciais. “Este colóquio colabora para o enfrentamento a práticas racistas e preconceituosas e ao mesmo tempo que visam a valorização da população negra”, destaca.
O estudante Tarcísio da Silveira, 16, 1º ano, se apresentou com os colegas tocando o instrumento surdo e diz que “é muito bom mostrar o nosso talento através de um trabalho desenvolvido na escola”. Evelyn Gonçalves, 15, 2º ano, ressalta o significado da dança para a afirmação da sua identidade. “Muitas pessoas descriminam a dança afro por ter pessoas negras dançando e nós queremos combater isso através de nossa arte”, diz.
O colóquio também contou com a participação da professora doutora em Educação, Silvana da Silva, da professora e pedagoga, Rosângela Correia, e do gestor do Colégio Estadual Sete de Setembro, Diógenes Ribeiro da Silva.

Secretaria da Educação realiza nova convocação de aprovados na seleção REDA

 

A Secretaria da Educação do Estado publicou no Diário Oficial do Estado (DOE), desta quinta-feira (3), uma nova relação de convocados do processo seletivo simplificado em Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). Estão sendo convocados 22 aprovados, por ordem de classificação, para as funções de professor da Educação Básica. Para estas funções, também foi feita convocação de 304 aprovados no último sábado (29/7). A convocação do DOE de hoje inclui, ainda, 685 aprovados para a função de técnico nível médio/mediador do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITec).
Veja as listas de convocados:
Para o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, “o EMITec tem a proeza de chegar aos lugares mais longínquos da Bahia, levando a Educação a povoados e distritos onde nem carro chega. A convocação destes profissionais é fundamental, porque eles fazem a mediação entre os alunos e os professores que estão nos estúdios do EMITEc, no Instituto Anísio Teixeira. Com isso, vamos fortalecer ainda mais este programa”, afirma Pinheiro.
Os convocados pelo Diário Oficial desta quinta-feira têm um prazo de 10 dias úteis, a partir de hoje, para comparecer aos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) aos quais pertencem os municípios para quais foram aprovados. É preciso levar uma série de documentos, dentre eles, originais e cópias do CPF, Identidade, certidão de nascimento e de casamento, se for o caso, e da carteira de trabalho.
Nova seleção
A Secretaria da Educação do Estado também publicou no Diário Oficial desta quinta-feira (3), período de inscrições para o novo processo seletivo simplificado, pelo REDA, para a função temporária de professor da Educação Profissional. São ofertadas 25 vagas para Centros de Educação Profissional nos municípios de Wagner, Arataca, Ipiaú, Prado e Medeiros Neto. A seleção acontecerá em uma única etapa, por avaliação curricular, que levará em conta a experiência profissional e cursos sequenciais de extensão e pós-graduação. A inscrição é gratuita e pode ser feita, via internet, pelo site seleção.ba.gov.br, no período de 14 a 21 de agosto. A remuneração é de R$ 2.814,28, com direito a auxílio refeição e auxílio-transporte, se houver linha cadastrada e regulada pela AGERBA.

Governo da Bahia inicia recadastramento de servidores ativos

O Governo da Bahia vai recadastrar 150 mil servidores públicos ativos. O processo acontece entre 17 de julho e 13 de agosto. O recadastramento deve ser feito, exclusivamente, via Internet, através do Portal do Servidor ou diretamente do site www.recadastramento2017.ba.gov.br, utilizando a mesma senha usada para acessar o contracheque online. Aqueles que não efetivarem a atualização cadastral no prazo estabelecido estarão sujeitos a penalidades previstas no capítulo V do Estatuto do Servidor Público do Estado da Bahia (Lei nº 6.677/1994).

O objetivo da ação é a validação dos locais e jornada de trabalho dos servidores, bem como atualizar informações cadastrais dos servidores, a fim de operacionalizar o sistema de recursos humanos do Estado. “Além de balizar informações importantes para os novos gestores da Administração estadual, o resultado deste recadastramento servirá para identificar a existência de possíveis inconformidades, tais como o acúmulo indevido de cargos e a incompatibilidade de horários de trabalho”, explica o secretário da Administração, Edelvino Góes.
O recadastramento contempla, basicamente, o preenchimento de um formulário. O processo é simples e rápido. Alguns campos – alteráveis ou não – já vão aparecer preenchidos na tela, com dados básicos. Os campos em branco, que forem de caráter obrigatório, deverão ser informados pelo servidor, assim como local de trabalho, regime de contratação e jornada de trabalho. Determinadas informações solicitadas no formulário serão específicas para cada secretaria.
Segunda etapa
Na segunda etapa do recadastramento, as Diretorias Administrativas de cada órgão vão cadastrar no sistema os nomes, números de matrículas e e-mails dos chefes imediatos de cada servidor. Já na terceira e última etapa, os chefes indicados pela coordenação de recursos humanos de cada unidade irão validar as informações fornecidas na primeira etapa, confirmando-as ou não. Após a validação, a Corregedoria Geral da Secretaria da Administração do Estado da Bahia (CGR/Saeb) será acionada no sentido de verificar as inconsistências e corrigi-las. Paralelamente, os dados validados ficarão numa base temporária e posteriormente comparados com os dados do Sistema Integrado de Recursos Humanos (SIRH).
O recadastramento de servidores inativos, feito anualmente na modalidade presencial, não tem nenhuma relação com a atualização cadastral de ativos que será realizada pelo Governo a partir do próximo dia 17. Implantado em fevereiro de 2015, através do Decreto nº 15.960, o recadastramento de ativos será realizado a cada dois anos. Neste primeiro processo, 148.281 servidores se recadastram (97,17% do total). Do montante de servidores que não se recadastraram, 310 saíram da folha de pagamento, ou seja, deixaram de receber os vencimentos.

Últimos dias de inscrição para o curso do MedioTec na rede estadual

 

Terminam nesta quinta-feira (20) as inscrições para 2.224 vagas  ofertadas ofertas pela Secretaria da Educação do Estado em 31 cursos da nova modalidade de Educação Profissional e Tecnológica: o MedioTec. Esta oferta é dirigida aos estudantes matriculados no 2º ano ou 3º ano do Ensino Médio, que poderão fazer o curso técnico no turno oposto aos quais fazem o ensino regular. As vagas são para 51 municípios e as inscrições, nos diferentes eixos tecnológicos, ocorrerem, exclusivamente, pelo Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).
O programa é uma ação do Ministério da Educação, no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O objetivo é proporcionar aos estudantes uma formação profissional e ampliar as chances de inserção no mundo do trabalho, seja com o emprego formal ou por meio do empreendedorismo. Entre os cursos ofertados estão os técnicos em: Agronegócios, Agroecologia, Agroindústria, Administração, Aquicultura, Hospedagem, Guia de Turismo, Teatro, Canto, Dança, Eventos, Cenografia, Instrumento Musical, Agenciamento de Viagem, Pesca, Recursos Pesqueiros, Controle Ambiental, Cozinha, Zootecnia, Computadores, Telecomunicações, Redes de Computadores, Informática, Artesanato, Museologia, Controle Ambiental, Qualidade, Automação Industrial, Produção de Áudio e Vídeo.
O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Durval Libânio, destaca que o MedioTec “é uma oportunidade para os alunos que, inicialmente, não optaram pela Educação Profissional, terem uma nova chance após um período de amadurecimento. A oferta possibilita que o aluno tenha uma formação do Ensino Médio aliada ao ensino técnico, abrindo mais perspectivas para o mundo do trabalho”, explica.
Inscrições – O processo seletivo inclui sorteio eletrônico, que ocorre no dia 24 de julho, no qual concorrerão todos os inscritos. Para alguns cursos do eixo tecnológico Produção Cultural e Designer, os primeiros classificados no sorteio eletrônico para o número de vagas ofertadas irão fazer um teste de habilidades específicas, no período de 26/7 a 2/08. No mesmo período está programada a matrícula e entrevistas (quando houver) para todos os cursos. Para tanto, os classificados devem se dirigir aos Centros de Educação Profissional e unidades compartilhadas para os quais se inscreveram. É preciso levar o original do Histórico Escolar ou atestado escolar atualizado; originais e cópias da Cédula de Identidade, do CPF e do comprovante de residência.

Walter Pinheiro apresenta proposta para universalizar a Banda Larga no País durante audiência no Senado

O secretário da Educação do Estado da Bahia e senador licenciado, Walter Pinheiro, apresentou proposta para universalizar a Banda Larga no País, durante audiência realizada na manhã desta terça-feira (27), na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) do Senado. Pinheiro defendeu o compartilhamento e interligação da infraestrutura já existente, a mudança do modelo de financiamento para a expansão, o uso de recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust), na Lei Geral das Telecomunicações, além da realização de uma grande licitação nacional em parceria com os estados e municípios para ganho de escala e diminuição dos preços.
“A banda larga é um serviço essencial para estimular o crescimento do PIB e estimular a geração de emprego, além de ser imprescindível para a Educação, Saúde, Segurança Pública, Agricultura e Transporte, dentre outros setores. Por isso é preciso um grande esforço nacional para fazer a Banda Larga chegar na ponta com qualidade e velocidade”, disse Pinheiro, ao destacar que o País já conta com fibra ótica espalhada pelo seu território, mas precisa fazer cumprir a legislação do setor e ultrapassar os problemas de última milha, que impedem a disseminação do uso da Internet.
“Nós já temos infraestrutura instalada no País. O que falta é o cumprimento da Lei Geral”, citando legislação datada de 1997. Lei nº 9.472, de 16 de julho de 1997 – Planalto

“O que norteou a Lei Geral de Telecomunicação e o que a traz ainda viva hoje são três pilares: universalizar, garantir a competição e o acesso com qualidade –  fazer chegar a banda larga em todos os lugares com qualidade”, defendeu.
O secretário exemplificou a importância da banda larga nas escolas com o programa Ensino Médio por Intermediação Tecnológica (EMITEC), na Bahia. O Emitec transmite aulas, via satélite e em tempo real, para telessalas espalhadas por 414 localidades do Estado, atendendo 21.120 alunos. “Estas aulas chegam nos lugares mais longínquos, inclusive até locais onde nem mesmo chegam carros”, disse, ao completar que está colocando em curso, na Bahia, uma série de ações para fazer a Banda Larga chegar em todas as escolas da Rede Estadual até o final deste ano, aproveitando a infraestrutura já existente de fibra ótica, além do uso de satélite. “Queremos trabalhar com inovações e ferramentas tecnológicas, mas principalmente, queremos chegar com conteúdos pedagógicos”.
Pinheiro também voltou a defender o uso da faixa de frequência dos 700 MHz, que possui as características tecnológicas apropriadas para dar cobertura de serviços sem fio em localidades rurais. Ele aproveito para anunciar no Senado que o Estado da Bahia vai sediar o encontro internacional Virtual Educa 2018, que será realizado em Salvador no mês de junho. Esta foi a segunda audiência da CCT destinada a debater a política nacional de banda larga, a proposta de massificação do acesso, a qualidade e o preço dos serviços de conexão.

IV concurso de Escritores Escolares tem inscrições prorrogadas até 28

Estudantes do ensino Fundamental e Médio de todo estado – ensino público e privado – tem mais tempo para se inscrever a quarta edição do Concurso de Escritores Escolares, projeto de iniciativa da Diretoria do Livro e da Leitura – vinculado à Fundação Pedro Calmon/SecultBA. As inscrições – gratuitas – seguem até dia 28 de julho.
Os documentos e textos para serem inscritos devem ser levados – das 9h às 12h e das 14h às 17h – à sede da Fundação, em Salvador, ou enviados pelos Correios, com Aviso de Recebimento (AR). Serão aceitas Redações ou Poesias e a temática é LIVRE. Mas, atenção: os textos devem ser inéditos, ou seja, não podem ter sido escritos e utilizados em outras publicações, concursos ou veiculados de alguma maneira.
Com a prorrogação, a Fundação Pedro Calmon espera atingir um número superior ao do ano passado –mais de 500 Redações e Poesias de 40 municípios baianos. E tem novidade também nesta quarta edição: quem faturar os primeiros lugares nas categorias levará um notebook e um kit contendo 50 (cinquenta) livros; já o segundo lugar será contemplado com um tablet e um kit contendo 40 (quarenta) livros. O terceiro lugar levará um leitor de e-book e um kit contendo 30 (trinta) livros.
O prêmio também será estendido à Escola e aos professores. Aquela que tiver mais estudantes inscritos e o/a professor/a que mais se destacar durante o processo de inscrição, receberão Menção Honrosa.

>> Confira aqui todo o regulamento

 

Secretaria inscreve para sorteio eletrônico de cursos de Agroecologia, Aquicultura, Administração e Redes de Computadores.

Começam nesta quinta-feira (15) as inscrições para a criação das primeiras turmas dos cursos técnicos de Administração, de Redes de Computadores e de Aquicultura da rede estadual. Ao todo, serão ofertados 290 vagas para os três cursos.
Para o curso técnico de nível médio em Redes de Computadores, voltado para estudantes do 2º ano do Ensino Médio. Serão ofertadas 80 vagas, com aulas realizadas no Colégio Estadual Luiz Tarquínio, no bairro de Boa Viagem. O curso é uma parceria da Secretaria da Educação do Estado e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), e terá carga horária de 1000h divididos em três semestres. As inscrições podem ser realizadas até o dia 28 de junho, no endereço http://www3.sec.ba.gov.br/sisec/sorteio/.
O curso será realizado e certificado pelo SENAI, com formação presencial mediado por tecnologia e as vagas serão definidas em duas etapas. Primeiro por sorteio eletrônico, no dia 30 de junho, onde serão selecionados 160 concorrentes, e logo após por entrevista entre os dias 3 e 5 de junho. O resultado final será divulgado no dia 10 de julho e o inicio das aulas no dia 20 de julho.
Aquicultura - O novo curso técnico de nível médio em Aquicultura será ofertado em parceria com a Bahia Pesca e tem inscrições abertas até 28 de junho, para 60 vagas. As inscrições também são feitas exclusivamente no endereço http://www3.sec.ba.gov.br/sisec/sorteio/.
O curso é voltado para estudantes que já concluíram o Ensino Médio e suas modalidades, seja em estabelecimentos de ensino da Rede Pública de Educação, no âmbito federal, estadual ou municipal ou, tenham comprovadamente, cursado o Ensino Médio em instituição filantrópica, ou em instituição privada na condição de bolsistas integrais.
O curso técnico em Aquicultura será realizado no anexo do Centro Estadual de Educação Profissional em Turismo do Leste Baiano (CEEP), localizado na Fazenda Oruabo, Estrada Bahia Pesca – s/n, Distrito de Acupe, no município de Santo Amaro.
A seleção para as vagas disponíveis acontecerá em duas etapas: A primeira etapa consiste num Sorteio Eletrônico, no dia 30 de junho, aleatório e de caráter classificatório, no qual concorrerão todos os candidatos inscritos. Na segunda, serão realizadas entrevistas individuais, de 3 a 5 de julho, no local de realização do curso. O resultado final será realizado no dia 10 de julho e a matrícula de 10 a 12 de julho. As aulas estão programadas para começar no dia 20 de julho.
Administração - O curso de Administração será ministrado pelo modelo da Escola de Formação Gerencial (EFG) – escola de Ensino Médio profissionalizante do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A ação, uma parceria entre a Secretaria da Educação do Estado da Bahia e o Sebrae, a partir do eixo tecnológico Gestão e Negócios, está ofertando 150 vagas.
As vagas são destinadas a estudantes que tenham concluído o Ensino Médio e suas modalidades, sejam em estabelecimentos da rede pública (nos âmbitos federal, estadual ou municipal) ou que tenham cursado o Ensino Médio em instituições filantrópicas ou privadas na condição de bolsista integral.
As inscrições podem ser feitas até o dia 28/6, no endereço http://www3.sec.ba.gov.br/sisec/sorteio/. A seleção dos candidatos acontecerá por etapas. No dia 30/6 será realizado o sorteio eletrônico entre os primeiros 600 inscritos. Depois, os 300 candidatos contemplados no sorteio eletrônico irão fazer prova escrita de Português e Matemática, no dia 12/7, no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Empreende Bahia, no bairro de Água de Meninos. O resultado da seletiva será publicado no Portal da Educação, no dia 18/7.
A terceira etapa da seleção acontece nos dias 25 e 26/7, também no CEEP Empreende Bahia, onde serão realizadas uma dinâmica e a entrevista. O resultado final sairá no dia 28/7, no Portal da Educação. As matrículas para os 150 aprovados poderão ser feitas entre 31/7 a 4/8. As aulas do curso serão realizadas no próprio CEEP, com início no dia 10 de agosto.
>> Confira aqui as portarias dos processos seletivos para cursos técnicos de nível médio

>> Confira aqui o cronograma 

 

Saeb publica nesta quinta-feira instrução normativa para feriados de junho

Os servidores estaduais baianos conhecem nesta quinta-feira (1°) as orientações do Estado para a compensação de horas não trabalhadas no expediente de 16 de junho (dia posterior ao feriado de Corpus Christi) e 23 de junho (véspera do feriado de São João). A publicação da Secretaria da Administração (Saeb) estará disponível no Diário Oficial do Estado (DOE) de amanhã (1º).
De acordo com o documento, a compensação do dia 16 será efetuada de 5 a 14 de junho, para servidores com jornada de trabalho de oito horas diárias. Durante o período, o expediente destes servidores será das 8h às 18h, iniciando meia hora mais cedo e com redução de trinta minutos no horário do almoço – sendo respeitado o intervalo de uma hora para a refeição. Os servidores submetidos ao turno único de trabalho irão compensar as horas não trabalhadas de 5 a 12 de junho, das 11h às 18h.
Já a compensação pelo dia 23, véspera de São João, será cumprida de 19 a 29 de junho – para servidores que cumprem jornada de oito horas diárias. Aqueles que cumprem apenas o turno único de trabalho devem cumprir a efetuar a compensação de 19 a 27 de junho. Serão seguidas as mesmas regras, com relação ao início e final de expediente, já observadas para a compensação de 16 de junho, dia posterior ao feriado de Corpus Christi.
Os dirigentes dos órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual, juntamente com as chefias imediatas dos servidores, serão responsáveis pelo cumprimento da compensação e do estabelecido pela Instrução Normativa. Os transportes coletivos que circulam no Centro Administrativo da Bahia (CAB) terão os seus horários adequados para atender aos usuários.
Fonte: Ascom – Saeb